Piercing Microdermal: Tudo o que você precisa saber sobre essa tendência

em 28 de maio de 2023

Introdução ao Piercing Microdermal

O piercing microdermal é uma forma única de modificação corporal que tem ganhado cada vez mais popularidade. Com a possibilidade de decorar a pele de maneira diferenciada, essa tendência se destaca pela versatilidade e pela variedade de designs disponíveis. Originário da década de 1990, o piercing microdermal tem conquistado o coração dos amantes de piercings e daqueles que buscam uma forma expressiva de adornar o corpo.

Como é colocado o Piercing Microdermal

A colocação do piercing microdermal é um processo realizado por profissionais qualificados. Utilizando ferramentas específicas, como uma agulha oca, o procedimento é feito de maneira minuciosa. Primeiramente, é feito um pequeno corte na pele, seguido pela inserção da joia no local desejado. O piercing é fixado por meio de um disco interno e um pino externo, que permitem que a joia fique visível na superfície da pele.

Tipos de Piercing Microdermal

Uma das características fascinantes do piercing microdermal é a variedade de joias disponíveis. Desde joias simples e minimalistas até designs mais elaborados e ornamentados, há opções para todos os estilos e gostos. Além disso, existem diferentes materiais utilizados nas joias, como titânio, aço cirúrgico e ouro, permitindo que os indivíduos escolham a opção que melhor se adapte às suas preferências e necessidades.

Cuidados essenciais pós-colocação

Após a colocação do piercing microdermal, é fundamental seguir uma rotina de cuidados adequada para garantir uma cicatrização tranquila. Isso inclui manter o piercing limpo e higienizado regularmente com uma solução salina. É importante evitar o uso de produtos químicos agressivos, como álcool ou peróxido de hidrogênio, que podem irritar a pele. Além disso, é essencial proteger o piercing de traumas e impactos durante o período de recuperação.

“Em matéria de estilo, nada é mais marcante do que a individualidade.” – Anna Wintour

Possíveis complicações e riscos

Embora o piercing microdermal seja uma forma de expressão artística fascinante, é importante estar ciente dos riscos associados a ele. Infecções, rejeição do piercing pelo corpo e formação de queloides estão entre as complicações possíveis. É fundamental escolher um profissional experiente e seguir as instruções de cuidados pós-colocação à risca para minimizar os riscos e garantir a segurança e a saúde da pele.

Cicatrização e tempo de recuperação

A cicatrização do piercing microdermal é um processo que requer tempo e paciência. Em média, leva de 3 a 6 meses para a cicatrização completa, mas pode variar de pessoa para pessoa. Durante esse período, é importante evitar o contato direto com água salgada, cloro de piscinas e exposição excessiva ao sol. Seguir as recomendações do profissional e adotar uma rotina de cuidados adequada são essenciais para promover uma boa cicatrização. É normal que ocorra algum desconforto e vermelhidão nos primeiros dias após a colocação do piercing, mas se houver sinais de infecção, como pus, inchaço excessivo ou dor intensa, é importante procurar um profissional de saúde.

Estilos de piercing microdermal

O piercing microdermal oferece inúmeras possibilidades de estilo e personalização. É possível criar arranjos únicos e combinações com outros piercings ou tatuagens, permitindo que cada pessoa crie sua própria marca pessoal. Desde formas geométricas simples até joias mais elaboradas, como pedras preciosas, o piercing microdermal pode se tornar um verdadeiro destaque estético, realçando a individualidade e o estilo de quem o utiliza.

Considerações finais e recomendações

Antes de decidir fazer um piercing microdermal, é fundamental considerar alguns aspectos importantes. Pesquise sobre o profissional que realizará o procedimento, verifique sua experiência e busque recomendações. Certifique-se de entender completamente os cuidados necessários após a colocação e esteja disposto a segui-los de forma rigorosa. Lembre-se de que a modificação corporal é uma escolha pessoal e é importante fazê-la com consciência, responsabilidade e cuidado.

“O corpo é uma tela em branco, e você é o artista. Faça sua obra-prima.”  

Em resumo, o piercing microdermal é uma tendência fascinante que permite a expressão individual por meio de uma forma única de modificação corporal. Ao entender o processo de colocação, os cuidados necessários e os possíveis riscos, você estará preparado para aproveitar essa forma de arte com segurança. Lembre-se sempre de escolher um profissional qualificado e seguir as orientações de cuidados pós-colocação para garantir uma experiência positiva e uma cicatrização adequada. O piercing microdermal é uma oportunidade de se expressar e mostrar sua personalidade de uma maneira única.

O que você achou dessas dicas? Por favor, não se esqueça de deixar seu comentário na seção de comentários abaixo desta página. Obrigado e até logo!

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

STC - Sistema de Transformação Corporal

Método baseado em 5 pilares mostra como você pode emagrecer, definir se manter magro e ainda gostar do processo!

Não consegue perder a barriga?

Não consegue controlar a ânsia de comer?

Perde peso mas logo ganha de novo?

Entre nesse método Agora mesmo!!!!